Amnistia coloca Catraio em liberdade

23:21
 
Fonte: O Pais
 
O antigo vice-governador de Luanda, Miguel Catraio, Justina Mufuma Lukoki ‘Jussila’, a irmã desta Mayamba Brígida dos Santos e Rita de Fátima Pegado deixaram ontem a cadeia de Viana, em Luanda, na sequência da Lei de Amnistia aprovada recentemente. 
Condenado pelo Tribunal Provincial de Luanda no dia 29 de Fevereiro, no âmbito do conhecido caso ‘Jindungo’, o ex-governante tinha sido sentenciado a uma pena de prisão maior de seis anos e três meses pelo juiz Domingos José. 

A ex-amante de Catraio, Jussila Miguel, tinha sido condenada a quatro anos e três meses de prisão, Mayamba Brigida dos Santos e Rita de Fátima Pegado a três anos e três meses de prisão efectiva. Miguel Catraio, antigo vice- governador de Luanda para o sector económico, foi considerado o mentor moral dos crimes cometidos em Abril de 2015, quando a jovem Nikilauda Vieira Dias Galiano “Neth” foi agredida e lhe foi aplicado jindungo nos órgãos genitais. 

O crime ganhou repercussão porque a agressão foi filmada e divulgada nas redes sociais, quando Jussila, a irmã e a outra condenada compareceram na pensão Confidente, no bairro Cassenda, onde perpetraram as agressões contra a jovem Neth. Tendo em conta as imagens divulgadas, a justiça considerou que Miguel Catraio, além de ter sido apontado como instigador, também presenciara os acontecimentos.


Share this

Related Posts

Previous
Next Post »