Révus vão para casa com Termo de Identidade e Residência

11:20
Os dezassete presos do Caso Revús devem ser soltos nesta Quarta-feira, ou, o mais tardar, até ao fim da primeira semana de Julho, contou a OPAÍS uma fonte judicial.A ordem de soltura, que a fonte deste jornal diz ter sido já decidida, faltando apenas cumprir alguma pequenas burocracias, deverá ser comunicada, se tudo correr bem, às entidades carcerárias e aos advogados ainda na manhã de hoje.
Fonte: Opais

Acórdão do Tribunal Constitucional decide que réus aguardem em liberdade condicional 

OPAÍS soube que o TC decidiu, sem votos contra, dar provimento ao recurso interposto pelos advogados dos réus, mas não anulou o acórdão dos tribunais de instâncias inferiores, até porque o Tribunal Supremo ainda não se pronunciou sobre o pedido de habeas corpus e sobre os recursos apresentados pelos advogados dos réus.

O Caso Revús está relacionado com o julgamento de dezassete activistas acusados dos crimes de actos preparatórios de rebelião, e tentativa de destituição do Presidente da República.

Detidos há um ano, os réus foram condenados a penas que vão dos dois anos e meio a oito anos e meio de prisão, pelos crimes de tentativa de rebelião e associação de malfeitores. Esta é o caso judicial mais mediático de Angola nos últimos anos, tendo provocado movimentos de pressão contra e pró-réus e relações de entidades estrangeiras.













Share this

Related Posts

Previous
Next Post »