Adolescente mata irmão à facada em Viana

Tony, 19 anos, foi esfaqueado pelo próprio irmão, Denísio, de 16 anos, tendo o objecto atingido o coração e causado a sua morte. O trágico acontecimento ocorreu na Caop-A, município de Viana, em Luanda, na sequência de uma briga entre os dois por causa de um telefone que pertencia ao malogrado.
A família não quis prestar qualquer declaração a OPAÍS sobre o sucedido, mas segundo os vizinhos tudo começou quando Denísio pretendia apossar-se de um telefone do irmão que de imediato o repreendeu no interior de uma barbearia, situada defronte à casa de ambos, onde Tony trabalhava.
“Começaram a discutir na rua e depois o mais novo correu dentro de casa e saiu com uma faca e atingiu o irmão dele no pescoço”, disse um dos amigos da vítima que não quis se identificar. A fonte acrescentou que depois de Denísio ver o malogrado estendido no chão, derramando sangue, meteu-se em fuga e até ao momento ainda não foi encontrado.
De acordo ainda com os vizinhos, os conflitos entre os dois eram frequentes e cada um recebia ‘protecção especial’ de um dos progenitores. Tony fazia parte do grupo coral da igreja Adventista do 7º Dia. Para os seus correlegionários , o malogrado era uma pessoa calma e dedicava boa parte do seu tempo à religião e ao seu salão de cabeleireiro. Segundo ainda a vizinhança, Denísio estará a beneficiar de protecção por parte da sua família paterna que não o quer ver a contas com a justiça e “estão a tentar a todo custo abafar o caso para que não se espalhe”, disse outro amigo do malogrado. Contactado, o porta-voz da Polícia Nacional em Luanda, inspector chefe Mateus Rodrigues, remeteu o assunto à oficial de comunicação Engrácia Costa para os devidos esclarecimentos.
Esta, por sua vez, alegou que estava dispensada no momento, prometendo informar-se através das outras estruturas do Comando de Divisão de Viana, mas até ao fecho desta edição não obtivemos qualquer resposta.
Caso semelhante no Rangel
Refira-se que este não é o primeiro caso de morte envolvendo irmãos na província de Luanda. Há 30 de Novembro de 2015, no distrito Rangel, Gustavo, 22 anos , foi igualmente esfaqueado no pescoço pelo próprio irmão Adriano de 17 anos. Curiosamente, na altura as razões apontadas pela família indicavam que Gustavo tinha sido morto por causa de uma briga que tinha como móbil um telemóvel. As duas mortes têm ainda a particularidade de serem perpetradas por adolescentes contra os seus irmãos mais velhos.
Fonte: OPais

Sobre nos Portal Petálas De Angola

Este Portal foi criado com intuito de levar ate a sua casa o melhor do entrenimento angolano e não, se for musico, pintor, designer, etc. e querer anunciar no nosso site não exite e ligue para 998520502.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários :

Enviar um comentário