Cristiano Ronaldo vai terminar a carreira no Real

19:00
´
O empresário do português Cristiano Ronaldo, esfriou os rumores, quanto à saída do astro do Real Madrid. Diversos boatos colocam o atacante  próximo no PSG ou no Manchester United, mas de acordo com Jorge Mendes nada disso é verdade. "Com o Real Madrid, ele é feliz,  vai pendurar as botas aos 40 anos", disse Mendes.

"O Cristiano é o melhor de todos os tempos e vai jogar seguramente mais cinco, seis, sete anos com o Real Madrid.  Pode acabar a carreira ali", acrescentou o empresário, em declarações ao jornal "Sky Sports".

O empresário falou ainda de outro cliente seu, José Mourinho, que  cogitado para trabalhar no Manchester United, caso Louis Van Gaal se desvincule .
"Agora está no Brasil, veremos quando volta. Regressar a Itália? No momento nem falamos de Inglaterra, nem de Espanha, nem de Itália... Ele preciso de estar tranquilo e não  preocupar -se com nada: é o melhor técnico do mundo", salientou.

Cristiano Ronaldo termina 2015 sem títulos colectivos, mas mergulhado em ouro e golos. O craque português começou por ganhar a Bola de Ouro, a terceira da carreira e acredita que pode conquistar a quarta em Janeiro graças aos golos que fez ao longo dos 12 meses. E foram muitos, 55 para sermos mais precisos, registo que ainda pode aumentar, pois vai defrontar a Real Sociedade, na quarta-feira.

Pelo quinto ano consecutivo supera a meia centena de golos (incluindo a selecção portuguesa) e vai ficar, certamente, perto dos 60 tentos, feito que alcançou sempre desde 2011. Com um instinto “assassino” cada vez mais apurado, CR7 conseguiu em Abril (frente ao Granada), marcar uma mão - cheia num só jogo, pela primeira vez na carreira, feito que repetiu em Setembro, contra o Espanyol. 

Este caminho feito de golos permitiu-lhe ganhar a Bota de Ouro e chegar ao trono dos artilheiros da Casa Real. Na Suécia, Ronaldo bisou no triunfo merengue sobre o Malmö e tornou-se o rei dos golos em Madrid, destronou  o mítico Raúl, de quem herdou a “camisola 7”. E foi de novo com o Malmö, mas no Estádio de Bernabéu, que fixou um recorde na Champions: 11 golos na fase de grupos.

TIAGO 
O ano termina, sem grandes motivos, para Tiago festejar. Depois de um 2014 em alta, com a conquista da Liga e da Supertaça espanhola e da presença na final da "Champions", o Atlético de Madrid viu-se arredado das grandes decisões na primeira metade de 2015. Chega a Dezembro a lutar pelo 1º lugar com o Barcelona, mas perdeu Tiago, tudo indica até Março. A fractura da tíbia direita no confronto com o Espanyol, coloca em risco a presença do médio no Europeu, em França.

Share this

Related Posts

Previous
Next Post »